segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Lista de Audiovisuais de Carlos Pronzato

Lista de Livros de Carlos Pronzato

*Informações para aquisição no final da página.
*Informaciones para adquisición al final de la página.


CARABINA M2. UN ARMA AMERICANA. EL CHE EN BOLIVIA / Doc. / 90 min. / 2007 / español.
Es un registro del pensamiento político y de las acciones guerrilleras del Che en el mundo academico, intelectual, cultural y político. El nombre del documental hace referencia al arma con la cual fue ejecutado Guevara el 9 de octubre de 1967 y que se muestra por primera vez. El documental reconstruye el recorrido del Che en Bolivia através de entrevistas a importantes figuras de aquel período como el general Gary Prado, responsable por la captura del Che; los guerrilleros José Castillo (Paco) único sobreviviente de la embosacda de Vado del Yeso y Salustio Choque Choque; Loyola Guzmán, responsable por el apoyo urbano a la guerrilla; el general Jaime Niño de Guzmán, el piloto que transportó el cuerpo del Che en el helicóptero; Antonio y Osvaldo (Chato) Peredo, hermanos de los guerrilleros Coco e Inti; historiadores, investigadores y directores de la Fundación Che Guevara, entre otros.
Lanzado oficialmente durante las conmemoraciones de los 80 años del Che en Rosário, Argentina, en junio del 2008.
Legendas em português

CARLOS MARIGHELLA. QUEM SAMBA FICA, QUEM NÃO SAMBA VAI EMBORA/ Doc./ 90 min./ 2011/ Português.
O documentário – que foca principalmente o período da luta armada de resistência à Ditadura Militar, de 1964 até a morte de Marighella, em dezembro de 69 – é um resguardo e instrumento de difusão da memória do deputado comunista e guerrilheiro da ALN - Ação Libertadora Nacional - Carlos Marighella (1911 - 1969).
O testemunho de militantes políticos que acompanharam a trajetória de Carlos Marighella, estudiosos do tema e pesquisadores dão o tom no documentário. O seu filho, Carlinhos Marighella; o último comandante do GTA da ALN, Carlos Eugênio Clemente; os militantes da ALN, Manoel Cyrillo, Guiomar Lopes, Takao Amano, Carlos Fayal, José Luiz Del Roio, Antonio Carlos Fon, Rafhael Martinelli, Rose Nogueira; os historiadores Muniz Ferreira, Edileuza Pimenta; os jornalistas e escritores Emiliano José e Alipio Freire entre outros são alguns dos entrevistados.
Selecionado para o 3° Festival Internacional de Cine Político/Argentina-FICIP 2013
Lançado durante as comemorações do centenário de nascimento de Carlos Marighella em Salvador, Bahia, em 5 de dezembro de 2011 e em seguida noutras capitais.



MADRES DE PLAZA DE MAYO - MEMÓRIA, VERDADE, JUSTIÇA/ Doc./ 40min./ 2009/ español
Em 30 de abril de 1977, 14 mulheres fazem pública a "desaparição forçada" dos seus filhos através das ações genocidas do terrorismo de Estado da ditadura argentina (1976-1983). Esse plano sistemático do horror incluiu o sequestro, a detenção em locais clandestinos, a tortura, a apropriação de menores, a desaparição seguida de morte. O documentário resgata o testemunho das Mães da Praça de Maio que 32 anos depois continuam marchando frente a Casa Rosada pelos 30.000 desaparecidos mantendo vigente o reclamo por memória, verdade e justiça. Inclui depoimento de Adolfo Pérez Esquivel, Prêmio Nobel da Paz de 1980.
Legendas em português

Prêmio Internazionale Roberto Rossellini/ Maiori Film Festival, Italia (2009).

Prêmio Especial do Júri na XXXVI Jornada Internacional de Cinema da Bahia (2009).

BUSCANDO A ALLENDE / Doc. / 70 min. / 2008 / español
Salvador Allende nació en Santiago o en Valparaíso? A partir de esta controvérsia comienza la búsqueda que este documental realiza sobre uno de los presidentes latinoamericanos que han calado más hondo em la memória popular del continente. Búsqueda no solo de su ciudad natal, entonces, sino principalmente de las dificultades para llevar adelante su proyecto político de transformación social y de las causas de la trágica caída de la “vía chilena al socialismo” el 11 de septiembre de 1973. Y para desvendar las incógnitas de esta búsqueda relatan su experiência ex-ministros, funcionários y militantes de la UP (Unidad Popular), amigos de su círculo
íntimo, periodistas, investigadores y militantes de organizaciones sociales.
Lanzado en Santiago de Chile en las Jornadas Allendistas durante las conmemoraciones del centenário de nascimiento de Salvador Allende en junio del 2008.

Legendas em português.

A PARTIR DE AGORA - AS JORNADAS DE JUNHO NO BRASIL/ Doc./ 80 min./ 2014/ Português.
Em junho de 2013, diversas capitais do país viraram palco de protestos de milhares de pessoas barrando o aumento da tarifa dos ônibus urbanos. Em seguida, as pautas das manifestações se multiplicaram numa onda de mobilizações que tomaram conta do país. Documentário realizado a partir de entrevistas com ativistas de cinco capitais brasileiras, o material não é apenas uma ferramenta para o debate e a compreensão das Jornadas de Junho, mas também um instrumento de organização da luta política, característica marcante da militância audiovisual de Carlos Pronzato (Texto de Fábio Souza, historiador-UFRGS).


POR UMA VIDA SEM CATRACAS. MOVIMENTO PASSE LIVRE - SÃO PAULO/ MPL-SP/ Doc./ 40 min./ 2014/ Português.
O documentário retrata a luta contra o aumento de 20 centavos da tarifa dos ônibus urbanos da cidade de São Paulo em junho de 2013.
A derrubada do aumento é umas das mais importantes conquistas do movimento social brasileiro desde o fim do regime militar.
A dupla vitória de reduzir o custo das passagens e trazer para a centralidade do debate político a tarifa zero é o mais importante legado dos protestos de junho de 2013.





CALABOUÇO 1968 - UM TIRO NO CORAÇÃO DO BRASIL/ Doc./ 58 min./ 2014/ Português.

Em 28 de março de 1968, a ditadura civil-militar de 1964, através da Polícia Militar do Rio de Janeiro, invadiu o Restaurante Central dos Estudantes, conhecido como Calabouço, e assassinou o jovem estudante Edson Luis de Lima Souto com uma bala no coração. O assassinato serviu como o estopim que desencadeou uma onda de protestos e indignação em todo o país, culminando com a histórica “Passeata dos 100 mil”. O documentário relata os fatos históricos com depoimentos comoventes dos protagonistas da época e resgata um dos episódios mais dramáticos, como parte daquelas memoráveis lutas travadas pelo movimento estudantil contra a ditadura.
Lançado no dia 28 de março de 2014 na sede da OAB/RJ.



MANOEL LISBOA - HERÓI DA RESISTÊNCIA À DITADURA/ Doc./ 60 min/ 2016/ Português.
O alagoano Manoel Lisboa, nasceu no dia 21 de fevereiro de 1944 e foi assassinado pela Ditadura Militar no dia 04 de setembro de 1973, após ser preso e barbaramente torturado pelo DOI-CODI, numa operação comandada pelo delegado Sergio Paranhos Fleury. Inicou sua vida política muito jovem, no Grêmio do Colégio Lyceu Alagoano, foi aprovado no curso de medicina na UFAL, porém por suas atividades políticas contra a Ditadura foi expulso da Universidade, tendo que passar a viver clandestinamente. Em 1966, junto com Valmir Costa, Amaro Luiz de Carvalho, Ricardo Zarattini e Selma Bandeira funda o Partido Comunista Revolucionário – PCR. O documentário tem por objetivo resgatar a história desse revolucionário alagoano, que assim como outros grandes patriotas, deu sua vida pelo fim da Ditadura Militar, pela liberdade e o socialismo. Apresenta  o depoimento de militantes históricos, como Edval Nunes Cajá, que é presidente do Centro Cultural Manoel Lisboa, Amelinha Teles, que atua na Comissão de Familiares e Amigos de Desaparecidos pela Ditadura, Anacleto Julião, filho de Francisco Julião, fundador das Ligas Camponesas. O filme também conta com a participação de pessoas que conviveram com Manoel Lisboa e militantes do Partido Comunista Revolucionário, partido fundado por Manoel Lisboa em plena ditadura militar e que este ano completa 50 anos de fundação, além de historiadores e ativistas de diversos movimentos sociais.
Lançado em 29 de setembro na UNICAP (Universidade Católica de Pernambuco).



DIVIDA PUBLICA BRASILEIRA – A SOBERANIA NA CORDA BAMBA/ Doc./ 60 min./ 2014/ Português.
O assunto dívida pública é censurado pela mídia mercantilista porque esta se alimenta do abjeto poder financeiro, constituído por abutres insaciáveis que devoram impiedosamente massas humanas em todo o mundo, gerando desemprego, fome e miséria. A abordagem desse assunto pelos órgãos de comunicação é parcial, distorcida e enganosa. A dívida total brasileira no ano de 2013 chegou ao valor aproximado de R$ 4 trilhões; o pagamento de juros e amortizações alcançou R$ 718 bilhões, o que corresponde a aproximadamente R$ 2 bilhões por dia; esse desembolso anual representa 40% do orçamento da nação. Este filme contribuirá muito para ajudar na conscientização do povo brasileiro, única forma de libertar o nosso país dessa submissão ilegal, injusta e odiosa.

Pré-lançamento no dia 04 de setembro de 2014 na histórica sede da ABI (Associação Brasileira de imprensa) no Rio de Janeiro.
Lançado no dia 07 de setembro de 2014 na web.


TERCEIRIZAÇÃO: A BOMBA RELÓGIO/ Doc./ 45 min./ 2015/ Português.

Através de depoimentos de líderes sindicais, trabalhadores e pesquisadores do tema, este documentário pretende esclarecer aspectos jurídicos e sociais relativos à terceirização e a tentativa de aprovação no Senado da PL 4330, atingindo em cheio a legislação trabalhista inaugurada com a CLT.






DANDARA - ENQUANTO MORAR FOR UM PRIVILÉGIO, OCUPAR É UM DIREITO/ Doc./ 65 min./ 2013/ Português.
"A ocupação Dandara é construída por mais de mil famílias que fizeram e fazem da luta organizada a alternativa para uma vida mais digna. Localizada em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, surge em 2009 como resposta a um modelo de cidade que prioriza uma minoria abastada em detrimento de uma massa pobre e negra que sofre com a falta de direitos essenciais à vida. Carlos Pronzato retrata com maestria esse exemplo de resistência que é um convite à luta por um mundo mais justo." Sammer Siman.
Produzido pelas Brigadas Populares-MG.
Lançado no dia 8 de setembro de 2013 na ocupação Dandara, em Belo Horizonte.

PINHEIRINHO. TIRARAM MINHA CASA, TIRARAM MINHA VIDA/ Doc./ 45 min./ 2012/ Português.
A neblina do amanhecer de 22 de janeiro de 2012 deu lugar à fumaça das bombas arremessadas contra a população de Pinheirinho, bairro popular organizado a partir de uma ocupação em São José dos Campos, São Paulo. As terras pertencem a um milionário especulador, que por 30 anos nunca as utilizou nem pagou impostos. Mas o estado, ao invés de prendê-lo ou confiscar as terras, perdoou boa parte da dívida e devolveu-lhe o terreno, expulsando as mais de 1800 famílias que alí estavam desde 2004. Animais de estimação, livros, fotografias, brinquedos - todos silenciam, violentados, em meio às ruínas. Mas o Pinheirinho resiste. Este Documentário narra os percursos de uma luta contra um estado que não é de todos, mas apenas de uma minoria.
Lançado em março de 2012, na comemoração dos 8 anos da ocupação do Pinheirinho, no "campão" do Campo dos Alemães, em São José dos Campos/ SP.


MSTB – 10 ANOS DE LUTAS E RESISTÊNCIA/ Doc./ 43min./ 2014/ Português.
O Movimento surge em 2003 como MSTS (Movimento dos Sem Teto de Salvador) com o lema: organizar, ocupar e resistir.
Em 2005 consolida o seu caráter estadual com o nome atual: MSTB (Movimento dos Sem Teto da Bahia).
Numa dinâmica de ocupações intensas, o Movimento se expandiu rapidamente tornando-se hoje o mais importante do Estado.





OPERAÇÃO CONDOR. DEPOIMENTO DE JAIR KRISHKE. MOVIMENTO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS MJDH-RS./ Doc./ 20 min./ 2015/ Português.
A Operação Condor foi uma aliança político-militar entre os vários regimes militares da América do Sul — Brasil, Argentina, Chile, Bolívia, Paraguai e Uruguai com a CIA dos Estados Unidos, levada a cabo nas décadas de 1970 e 1980 — criada com o objetivo de coordenar a repressão a opositores dessas ditaduras, eliminar líderes de esquerda instalados nos países do Cone Sul.
Nesta entrevista, Jair Krishke, presidente do Movimento de Justiça e Direitos Humanos do rio Grande do Sul, expõe a participação do Brasil na Operação Condor.


CARLOS "CALICA" FERRER - A ÚLTIMA VIAGEM DE ERNESTO GUEVARA PELA AMÉRICA LATINA/ Doc./ 40 min./ 2011/ español.
Carlos "Calica" Ferrer nasceu em Alta Gracia, Córdoba, em 1929. Aos quatro anos conheceu Ernesto Guevara de la Serna, um menino asmático que se instalou com a sua família em Alta Gracia para procurar um alívio para o seu mal. Ernesto e Calica mantiveram uma íntima amizade durante a infância e adolescência. Em 1953 empreenderam juntos uma viagem aventureira por América Latina, no final da qual, Guevara terminaria convertido no Comandante Ernesto Che Guevara. Atualmente Calica Ferrer vive em Buenos Aires e se dedica a estudar e difundir a figura do seu amigo Ernesto Guevara. No documentário Carlos 'Calica' Ferrer, a última viagem de Ernesto Guevara pela América Latina, ele relata aquela viagem.
Lançado na abertura da XIX Convenção Nacional de Solidariedade a Cuba (23 a 26 de junho de 2011) no Memorial da América Latina em São Paulo.Legendas em Português

                                              
OSCAR VALDOVINOS - A ÚLTIMA VIAGEM DE ERNESTO GUEVARA PELA AMÉRICA LATINA (Parte 2)/ Doc./ 30 min./ 2012/ Español
Depois de viajar pela América Latina acompanhado de Alberto Granado, na famosa viagem de motocicleta, o jovem Ernesto Guevara empreendeu uma segunda jornada pela América, desta vez junto do seu amigo de infância e adolescência Carlos “Calica” Ferrer. Estando em Equador, ambos conhecem um grupo de argentinos entre os quais se encontrava o estudante Oscar Valdovinos com quem compartem experiências de viagem desde Equador até Guatemala. Através do relato de Oscar Valdovinos entrevistado por Carlos "Calica" Ferrer conhecemos aspectos de um jovem Ernesto a caminho de se converter no comandante Che Guevara. Oscar Valdovinos e Carlos "Calica" Ferrer são os únicos sobreviventes daquela viagem.
Legendas em Português.

MAPUCHES, UN PUEBLO CONTRA EL ESTADO/ Doc./ 60 min./ 2010/ español
Los Mapuches (en mapudungum “gente de la tierra”) son una nación de la región centro - sur de Chile y suroeste de Argentina.
Desde la conquista, los españoles lucharon duramente para sojuzgarlos, pero no lo consiguieron. Actualmente, el pueblo mapuche continúa reclamando sus territorios que fueron sometidos al dominio de Chile y de la Argentina a finales del siglo XIX. La principal reivindicación mapuche es la recuperación y auto-gestión de sus territorios ancestrales frente a la invasión de las transnacionales protegidas por el Estado, o sea, la autodeterminación de su pueblo, derecho ampliamente ampa rado por la jurisprudencia internacional (Convenio 169 de la OIT). Este documental aborda el conflicto del Estado con el pueblo Mapuche en el lado chileno del Walmapu (territorio mapuche). Voces de diversas organizaciones y sectores de la sociedad chilena denuncian la continuidad de las persecuciones políticas y crímenes del Estado contra el pueblo mapuche.
Legendas em português

Menção Honrosa na XXXVII Jornada Internacional de Cinema da Bahia (2010).



LA REBELIÓN PINGUINA. LOS ESTUDIANTES CHILENOS CONTRA EL SISTEMA / Doc. / 40 min. / 2007 / español. Co-Direção de Omar Neri (Grupo Mascaró Cine americano).
En mayo del 2006, Chile presenció el surgimiento y maduración del movimiento de estudiantes secundários, quienes configuraron un proceso original de lucha e inmensa fuerza con más de un millón de estudiantes movilizados en todo el território nacional. Con protestas callejeras y principalmente tomas de colégios, exigiendo no solo mejoras en a educación, sino también cambios estructurales en el país, los pinguinos, como son conocidos los estudiantes secundários en Chile, señalaron un camino de lucha.

Legendas em português.
Premiado en el Concurso Otras Miradas organizado por Clacso (Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales) en 2008.


ACABOU A PAZ, ISTO AQUI VAI VIRAR O CHILE! ESCOLAS OCUPADAS EM SP/ Doc./ 60 min./ 2016/ Português.
A saga dos estudantes secundaristas de São Paulo por uma educação de qualidade. O levante do segundo semestre de 2015 contra o fechamento de 94 escolas, culminou na ocupação de mais de 200 que seriam afetadas pelas ações de precarização do ensino público engendradas pelo Governo Geraldo Alckmin que vem perdendo apoio dia após dia. A coragem, a autonomia, a horizontalidade, a solidariedade demonstrada pelos secundaristas e o apoio popular presentes. Os gritos seguem ecoando na rua talvez anunciando uma profecia já concretizada: Acabou a paz, isso aqui vai virar o Chile!




A ESCOLA TOMA PARTIDO/ Doc./ 50 min./ 2016/ Português.
O Brasil está discutindo intensamente o projeto Escola Sem Partido, que pretende "eliminar a doutrinação da sala de aula". Através dos depoimentos de educadores e especialistas, o documentário "A Escola Toma Partido" expõe as contradições e ameaças que nascem em uma sociedade que amordaça seus professores. 
Lançado na APOESP (Associação dos Professores do Estado de SP) em 26 de agosto de 2016.




OCUPA TUDO - ESCOLAS OCUPADAS NO PARANÁ/ Doc./ 60 min. 2016/ Português.
Texto de Valérias Arias (professora do Paraná):

Carlos Pronzato, cineasta, escritor e poeta argentino-brasileiro dirigiu o documentário Ocupa Tudo: Escolas Ocupadas no Paraná. O cineasta, que já lançou outros filmes relativos às Ocupações no Chile e em São Paulo, esteve em Curitiba e Região Metropolitana em novembro de 2016, coletando imagens e depoimentos de dezenas de estudantes, professores, pais e mães e demais sujeitos que participaram do processo das ocupações escolares no Paraná. Finalizado a partir desses materiais e de pesquisas históricas em fontes jornalísticas e acadêmicas, Ocupa Tudo já teve sessões de apresentação, sobretudo para o público estudantil, em Curitiba e Região Metropolitana, em dezembro de 2016, além de ser exibido com grande repercussão em Porto Alegre, neste mês de janeiro, ao longo programação cultural do Fórum Social das Resistências.   O filme conta com uma linha narrativa que consegue expressar em profundidade os sentidos políticos e históricos desse que foi o maior movimento de ocupações já registrado na história, além de dar visibilidade a aspectos pouco conhecidos do processo, pois o registra a partir de diversas perspectivas. As múltiplas vozes de Ocupa Tudo: Escolas Ocupadas no Paraná informam, inspiram e motivam seus espectadores. Ao retratar de forma orgânica o protagonismo estudantil, as críticas e análises conjunturais e os sentidos humanos daqueles a quem as lutas sociais irmanaram ao longo das ocupações, o filme cumpre um papel a um só tempo, estético, ético e político. Na trilha sonora, destaca-se a música Mel da Juventude, cedida por Chico César ao cineasta e à sua equipe. Embora tenha a marca autoral do diretor e de sua produtora, a La Mestiza Audiovisual, Ocupa Tudo se notabiliza como uma produção coletiva, colaborativa e de natureza independente, viabilizada pelo envolvimento de sujeitos que estiveram na linha de frente do movimento e/ou que atuaram em sua defesa nos meios escolares, jurídicos e midiáticos. Instituições de ensino e pesquisa, movimentos sociais, entidades sindicais e mídias alternativas, sediadas em Curitiba, também apoiam o projeto de Carlos Pronzato, por entenderem que, mais que um registro documental tradicional, Ocupa Tudo é parte das, necessárias e urgentes, mobilizações em defesa dos direitos sociais no Brasil.

Lançado na APP Sindicato (Associação dos Professores do Paraná).

CARAMURÚ, O GALEGO TUPINAMBÁ/ Doc./ 55 min./2010/ português/ Co-direção de Lois Pérez Leira
Diogo Alvarez Correa, o Caramuru, chega às costas de Salvador, Bahia (atualmente o bairro
do Rio Vermelho), em 1509, logo de sobreviver a um naufrágio, todos seus companheiros morrem em mãos dos Tupinambás.Abateu um pássaro com um tiro certeiro e foi logo chamado de Caramuru, o “homem de fogo”. Mas há outra versão: mulheres indígenas o teriam encontrado escondido nos rochedos e cuidaram dele salvando-lhe a vida. É que a palavra caramuru,em língua Tupi, também significa moréia, o peixe que se esconde nas rochas. Posteriormente Caramuru integra-se na vida dos indígenas e se torna um líder dos tupinambás tomando como esposa a filha do cacique Taparica: Paraguassú. Em 1549 foi colaborador fundamental do primeiro governador-geral do Brasil colonial, Thomé de Souza, na fundação da cidade de Salvador. Antes, em 1546, após ter se encontrado com Caramuru, o donatário da Capitania de Porto Seguro, Pero do Campo Tourinho, escreveu ao rei de Portugal: “...e ora sou informado por um Diogo Álvares, o Gallego, língua que lá era morador...” . Por causa dessa carta, historiadores espanhóis defendem a origem galega de Caramuru. A partir disto e através de depoimentos de estudiosos e personalidades interessadas no tema, o documentário passa revista ao período histórico da fundação da brasilidade assim como estabelece a origem de Caramuru.


Produzido por Galícia en el Mundo, com apoio do Ministério de Trabajo e Inmigración del Gobierno de España.


JOSÉ CALASANS, TRADUTOR DO SERTÃO/ Doc./ 60 min./ 2011/ Português.
Através de depoimentos de pesquisadores da Guerra de Canudos e estudiosos ligados ao campo mais vasto de estudos do mestre o documentário reconstrói a trajetória ímpar do professor, historiador e folclorista José Calasans Brandão da Silva (1915-2001) nascido em Aracajú e residente na Bahia, que se tornou referência nacional e internacional nos estudos no universo sertanejo.

Pré-estréia em agosto de 2011 em Salvador no Seminário José Calasans (UNEB / Museu Eugênio Teixeira Leal), Canudos (Memorial Antônio Conselheiro) e Sessão Especial da XXXVIII Jornada Internacional de Cinema da Bahia.


Lançamento em 5 de outubro de 2011 no Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB) e em Aracaju na Biblioteca Epifânio Dória.




A BAHIA DE EUCLIDES DA CUNHA/ Doc./ 55min./ 2010/ Português
A partir de depoimentos de estudiosos da obra de Euclides da Cunha e conduzidos pelo escritor Oleone Coelho Fontes, autor do livro Euclides da Cunha e a Bahia (editora Ponto e Vírgula, 2009) o documentário oferece um panorama dos passos de Euclides da Cunha na Bahia, quando aqui esteve em 1897 durante a Guerra de Canudos, imortalizada no seu
livro “Os Sertões”.Legendas em espanhol

Lançado em abril de 2010 no Auditório da Câmara Municipal de Salvador, Bahia, em maio na Academia Brasileira de Letras (Teatro José de Alencar), Rio de Janeiro e em novembro em Cantagalo/RJ cidade natal de Euclides da Cunha.


Prêmio Destaque Cineasta do Ano/ Honra ao Mérito da Academia de Cultura da Bahia - ACB (2010).

FRAGMENTOS DE CANUDOS - NO CENTENÁRIO DE JOSÉ CALASANS/ Doc./ 2016/ Português
Através do depoimento do pesquisador Dionísio Nóbrega conhecemos a trajetória intelectual do Prof. José Calasans (1915-2001), a maior autoridade no tema Canudos. Gravado em Canudos, Salvador e Aracaju, Dionísio passa revista a aspectos singulares e polêmicos da Guerra de Canudos. Neste ano de 2015, em que o mestre completaria 100 anos, esta obra representa uma oportunidade para enaltece-lhe os méritos como historiador e folclorista, além de reconhecer nele um ser humano especial que a Bahia teve a sorte de adotar como filho.
Lançado em 27 de novembro de 2016 no IGHB - Instituto Geogáfico e Histórico da Bahia.

14 DE MARÇO, CASTRO ALVES, NASCE UM GRITO DE LIBERDADE/ Fic./ 30 min./ 2015/ Português.
Percorrendo as ruas do Pelourinho, Centro Histórico de Salvador, à noite, castro Alves, personificado pelo poeta Marcos Peralta, declama fragmentos dos seus poemas ao tempo em que o agitador cultural Jorge Mello, da cruzada Cultural Castro Alves, nos oferece ricas e polêmicas informações - como aquela do tiro no pé duranta a caçada em São Paulo - sobre a vida do nosso poeta maior, Antonio frederico de Castro Alves, nascido em 14 de março de 1847 na Bahia, data declarada "Dia Nacional da Poesia".




TESTEMUNHO DE UM LEITOR DE JORGE AMADO/ Fic./ 26 min./ 2012/ Português.
A obra, que tem produção da Casa de Cinema da Bahia, conta a história de um leitor colombiano que chega à Bahia para as comemorações do centenário do escritor baiano.
Horacio Sánchez Ramírez, admirador da cultura baiana, pesquisador e leitor anônimo da sua obra na sua Colômbia natal, caminha pelas misteriosas ruas do Pelourinho e através de depoimentos convida o público a uma emotiva viagem pelas personagens imortais do escritor baiano.

Lançado na Fundação Casa de Jorge Amado em 3 de outubro de 2012, integrando as comemorações do seu centenário.
Produção Casa de Cinema da Bahia.


O VINICIUS DE MARTA - UM AMOR PORTEÑO/ Doc./ 30 min./ 2013/ Español.
A poeta e estudante de direito, a argentina Marta Rodriguez Santamaría, 23 anos na época (1975) viajou ao uruguai para conhecer o ídolo. Sabendo que Vinícius de Moraes estaria se apresentando em Punta del Leste, atravessou o Rio da Prata com a idéia fixa: conhecer o artista, 10 anos mais velho. Martita tornou-se a oitava mulher do poeta.
Legendas em português.

Lançado em 14 de novembro de 2013 como parte das comemorações do seu centenário no Centro Cultural da Câmara Municipal de Salvador.




COMEDIA NEGRA DE BUENOS AIRES. TEATRO AFRO-ARGENTINO/ Doc./ 37 min./ 2011/ español
A mediados de la década de 1980, cuando se suponía que no existían más afro-argentinos, ni se pensaba en la posibilidad de reclamar derechos culturales en el país, dos hermanas, nietas del primer y único escribano negro del país, fundan la Comedia Negra de Buenos Aires. Carmen Platero y Susana Platero, orgullosas de su ascendencia afro, eligen el camino del arte para visibilizar la presencia histórica y el legado cultural de los afro-argentinos. Esta es su historia...

Lançado em abril de 2011 pelo CEAFRO no Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO) da Universidade Federal da Bahia (UFBa)
Legendas em português

PAPELERAS GO HOME/ Doc./ 40min./ 2009/ español
El grupo finlandés BOTNIA instaló una imensa fábrica de celulosa en Uruguay a 4 km de la ciudad de Fray Bentos, frente a la ciudad argentina de Gualeguaychú, para producir más de 1.000.000 de toneladas que exportará a Europa, China y los Estados Unidos. La fábrica saca
cada dia 86.000.000 de litros de agua al rio Uruguay, que divide a los dos paises y un 80% de este volumen lo vuelca al rio, pero a elevadas temperaturas y con una carga de cotaminantes diversos que afectarán la biologia del rio y el conjunto del ecosistema.
El grupo BOTNIA, que cuenta con 1.000.000 de hectáreas de plantaciones, compra a menor precio y produce eucaliptos diez veces más rápidos que en Finlandia. La empresa no paga impuestos,
tampoco tarifas aduaneras y lo más importante, dispone gratis del agua del rio Uruguay. Este emprendimiento constituye la mayor inversión del sector privado industrial de Finlandia en el exterior y también la mayor inversión de carácter industrial en la história del Uruguay. Este documental registra los testimonios que en el año 2008 ofrecieron los integrantes de la Asamblea Ciudadana Ambiental Gualeguaychú y otros segmentos populares. Incluye tambén el testimonio del Movimiento Acción por los Cisnes (Valdívia, Chile). Co-produção: Zuk Produções
Legendas em português

FERNANDO LUGO. DE OBISPO A PRESIDENTE DEL PARAGUAY/ Doc./ 50 min. / 2008 / español
Este documental fue grabado en los dias de la asunción del ex-obispo Fernando Lugo (San
Solano, 1951) a la presidencia del Paraguay. Se trata de un caso raro en el mundo en que un obispo de la Iglesia católica asume la primera magistratura de un país. Ligado a la Teologia de la Liberación el recorrido de Fernando Lugo adquiere contornos de relevante compromiso social al ser enviado por su Congregación a las regiones más pobres del Paraguay, donde profundiza su contato con campesinos e indígenas. En 2007, debido al clamor popular, acepta ser candidato postulándose por la Alianza Patriótica para el Cambio, conformada por diversos partidos de centro e izquierda y movimientos sociales, una opción diferente frente a la continua corrupción de los gobiernos de turno y vence, después de 61 años en el poder, al Partido Colorado el 20 de
abril del 2008. El 15 de agosto del mismo año asume como presidente del Paraguay.
Legendas em português.


EL CACEROLAZO. LA REBELIÓN ARGENTINA / Doc. / 60 min. / 2002 / español.
En diciembre del 2001, el pueblo argentino salió a las calles para protestar por la situación de corrupción y miseria reinante en el país y terminó derrocando al Presidente Fernando de La Rúa y su Ministro de Economia, Domingo Cavallo.
El documental, gravado em Buenos Aires y Porto Alegre, durante el Forum Social Mundial , aporta testimonios e imagenes de las históricas jornadas del 19 y 20 de diciembre del 2001.
Legendas em português.



FÁBRICA BRUKMAN BAJO CONTROL OBRERO / Doc / 40min. / 2003 / español.
La Empresa Brukman es una fábrica textil que entra en crisis en el período del apogeo del neoliberalismo en Argentina. Los proprietários abandonaron la Empresa dejando deudas con los trabajadores. En diciembre del 2001 las obreras de Brukman resolvieron permanecer dentro de la Fábrica hasta que los patrones retornaran para pagarles los salarios atrasados. Frente al abandono de los patrones y del proceso de discusión se decide la forma autogestionária de producción, del trabajo y del reparto de las ganâncias.
Legendas em português.




MTD LA MATANZA, UNA EXPERIENCIA DE AUTONOMIA / Doc. / 50 min. / 2002 / español.
El Movimiento de Trabajadores Desocupados (MTD) surgió a mediados de 1995, cuando la desocupación llega a más de 18%, marca récord en Argentina hasta entonces, como un movimiento social que intentó dar respuesta a la cara más brutal del neoliberalismo, al dejar a millonesde personas com hambre y sin perpectivas de futuro. El MTD de La Matanza es parte de este movimiento y el documental registra sus actividades autogestionadas de resistência.





BOLIVIA, LA GUERRA DEL AGUA / Doc. / 40 min. / 2007 / espanhol.
En abril del 2000 un levantamiento social en Cochabamba, Bolivia, expulsó del país a la transnacional norteamericana BECHTEL, una de las más poderosas del mundo, sócia mayoritaria de la Empresa Aguas del Tunari, que impuso aumentos abusivos en las tarifas del agua, afectando también derechos milenares de los pueblos indígenas sobre el uso solidário del água. La denominada Guerra del Agua evidenció una contradicción central en torno al agua en el mundo actual: privatización versus bien común.
Legendas em português.




BOLIVIA, LA GUERRA DEL GAS / Doc. / 60 min. / 2003 / español.
En octubre de 2003, en médio de una crisis social y economica agudizada por el modelo neoliberal, Bolívia vivió un hecho histórico de profundo significado para el continente: la denominada Guerra del Gás que dejó 80 muertos y más de 400 heridos. La decisión del gobierno de exportar gas a los Estados Unidos, provocó una insurrección popular contra el estado que acabó ocasionando la renuncia del presidente Gonzalo Sánchez de Losada (Goni), la derrota militar del ejército y de los asesores dela embajada norteamericana.
Este video ofrece una reflexión de los acontecimientos a partir de las voces de sus protagonistas ilustradas con potentes imagenes de archivo.
Legendas em português.


JALLALLA (que viva!) BOLIVIA. EVO PRESIDENTE! / Doc. / 60 min. / 2006 / español.
Nunca un indígena ocupó el sillón presidencial en Bolivia desde su independencia en 1825. La asunción del Presidente Evo Morales Ayma con casi el 54% de los votos, marca un hecho histórico no solamente en Bolivia, sino en todo el continente, que después de 500 años de sometimiento coloca un líder originario en el poder político.
Este trabajo, de difusión oficial en Bolivia, registra los principales momentos en la asunción simbólica en Tiwanacu, la oficial en el Congreso y su despedida del lugar que lo vió nacer a la vida pública, la región cocalera del Chapare, además de los actos festivos y los testimonios del pueblo y de referentes sócio-politicos que ayudaron a construir este espectacular éxito electoral.
Legendas em português.




BOLIVIANOS – EN EL EXTERIOR – ...A VOTAR! / Doc. / 40 min. / 2008 / español.
La ley del voto Boliviano en el extranjero hasta ahora no ha sido sancionada en la Cámara de Senadores. En el Referéndum Revocatório del Mandato Popular del Presidente, Vicepresidente de la República y Prefectos de Departamentos del 10 de agosto del 2008, la comunidad boliviana en la República Argentina se hizo presente ejerciendo este derecho através del voto simbólico para demostrarle al mundo que los bolivianos en el exterior quieren participar y votar ya!. Este video registra estos históricos acontecimientos en la ciudad de Buenos Aires.
Co-produção: Comité de Defensa del Cambio y la Soberania Popular Originaria en Bolivia e Zuk Produções


URUGUAY EN CRISIS / Doc. / 50 min. / 2002 / español.
El pueblo uruguayo nunca sufrió una catástrofe social como la vivida en el 2002. Millares de desempleados o con un empleo precário, 25% de la población en la pobreza, salários y jubilaciones con 40% de su valor reducido, jóvenes partiendo al exílio economico.
Este video retrata esta situación através de testimonios de populares y lideranzas importantes del país.






URUGUAY, COMIENZA OTRA HISTORIA / Doc. / 60 min. / 2005 / español.
La llegada de la izquierda al poder político en Uruguay marca um hecho histórico. Por primera vez en 174 años el país será governado por el Frente Amplio, una coalición de fuerzas de la izquierda. Una muiltitud emocionada acompañó la asunción del Presidente Dr. Tabaré Vázquez el 1 de marzo del 2005.

Este video realizado en esos históricos dias, rescata las voces de aquellos que fueron protagonistas de este resonante éxito electoral con más del 50% de los votos, como José Pepe Mujica y Jorge Zabalza, entre otros y los históricos testimonios de Mario Benedetti y Daniel Viglietti.

FUNDAÇÃO ERNESTO CHE GUEVARA. ENCONTRO COM ROBERTO MASSARI/ Doc./ 20 min. / 2015 / italiano.
Roberto Massari é editor e escritor italiano, fundador e presidente da FONDAZIONE ERNESTO CHE GUEVARA (Fundação Ernesto che Guevara) em Àcquapendente, província de Viterbo, Itália. É considerado o principal estudioso do Che na Itália. Da Fundação fazem parte alguns dos principais estudiosos do che no mundo. Nesta entrevista Roberto Massari fala da importância da Fundação e do Che Guevara.

Legendas em Português.



CHE8O. ANIVERSARIO DEL NACIMIENTO DE ERNESTO CHE GUEVARA / Doc. / 23 min. / 2008 / español.
El 14 de junio del 2008, Rosário, su ciudad natal, capital de la província de Santa Fe, República Argentina, fue escenario de las conmemoraciones del 80 aniversario del nacimiento del comandante Ernesto Che Guevara. Este video registra algunas de las principales voces presentes en el evento.
Legendas em português.





ATÉ OXALÁ VAI À GUERRA – UMA HISTORIA DE RACISMO E INTOLERÂNCIA RELIGIOSA / Doc / 40 min. / 2008 / português
Co-direção de Stefano Barbi-Cinti.
As ações violentas executadas pela Prefeitura de Salvador através da demolição do Terreiro Oyá Onipo Neto conduzido por Mãe Rosa da Avenida Jorge Amado, surpreenderam negativamente por configurar um ato de intolerância Religiosa.Salvador, a capital da Bahia é uma das cidades que tem o maior número de templos religiosos de todo o mundo, incluindo igrejas católicas e evangélicas, centros espíritas, casas de umbanda e terreiros de candomblé. É também a cidade que possui a maioria dos seus habitantes negros, mas onde o racismo em sua diversidade e sutileza acaba tendo ações devastadoras. Da educação e moradia, até o emprego e religiosidade sem esquecer o genócidio da população negra. O estado tem uma função fundamental na manutenção de tudo isto.Se o Brasil é o país mais aberto do mundo a todas as religiões e crenças, Salvador é a expressão máxima desta qualidade principalmente pela forte influência e presença das tradições oriundas da África. Nada justifica nos dias atuais ações como esta que causaram danos muito sérios a toda uma construção espiritual de muitos anos e que tiveram então a resposta enérgica e necessária do povo de candomblé. Oxalá vai a Guerra, e todo o Povo de Axé também, sempre que for necessário!
Legendas em espanhol
Produzido pelo CEN (Coletivo de Entidades Negras).
Prêmio de Melhor Filme Juri Popular no II Bahia Afro Film Festival (2008)



COPA DO MUNDO FIFA 2014 SEM BAIANAS DE ACARAJÉ?/ Doc./ 20 min./ 2013/ Português.
A polêmica sobre a proibição da presença das baianas de acarajé na Arena Fonte Nova, em Salvador, durante a Copa do Mundo da Fifa 2014, ganhou visibilidade nacional e internacional. A presença das baianas conta com o apoio popular e de estudiosos da cultura brasileira que reconhecem a importância das baianas de acarajé, tombadas em 2004 pelo instituto de Patrimônio Histórico e Artístico  Nacional (IPHAN). Este vídeo registra a manifestação em favor das baianas de acarajé no dia da inauguração da Arena Fonte Nova em 5 de abril de 2013 com a presença da presidente Dilma Rousseff.
Produzido pela ABAM -  Associação Nacional das Baianas de Acarajé, Mingau, Receptivos e Similares.


MSTS - MOVIMENTO DOS SEM TETO DE SALVADOR -. ORGANIZAR, OCUPAR E RESISTIR / Doc. / 40 min. / 2004 / português.
O Movimento dos sem Teto de Salvador - MSTS -, surgiu na cidade em julho de 2003, com o objetivo de construir uma alternativa de moradia para todas as famílias que vivem a triste realidade do déficit habitacional de Salvador, ocupando terras e prédios abandonados sem função social, focalizando negociações com os poderes constituídos.
O vídeo registra o surgimento e as ações que fazem deste Movimento um dos mais ativos da atualidade.



OCUPAÇÃO DA CONDER / Doc. / 20 min. / 2006 / português.
No dia 24 de abril de 2006, integrantes de diversos movimentos sociais, tanto da cidade como do meio rural, ocuparam a sede da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia – CONDER. Cerca de 600 integrantes dos movimentos “tomaram de assalto” suas dependências e dificultaram a saída dos 80 funcionários, exigindo que os tecnocratas e burocratas do governo tirassem suas reivindicações das gavetas.





OCUPAR, RESISTIR PARA MORAR / Doc. / 20 min. / 2006 / português.
O Movimento Nacional de Luta pela Moradia - MNLM - nasceu em 1990, com o objetivo de articular as diversas formas de luta pela moradia existentes no Brasil. Direito esse garantido seja através da lei, seja através da ocupação e resistência dos diversos movimentos espalhados pelo pais.
A ocupação do prédio do INSS no centro de Porto Alegre durante as atividades do Fórum Social Mundial em 2005 serviu para abrir o debate sobre a destinação dos imóveis da União que não estavam cumprindo uma função social.



AS SEMENTES SÃO PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE. NÂO AOS TRANSGÊNICOS / Doc. / 35 min. / 2003 / português.
Atualmente, 90% do uso das sementes transgênicas se da nos EUA, Canadá e Argentina. Em todos os outros países do mundo existe precaução e leis de controle das sementes transgênicas.
O vídeo, realizado no Assentamento 19 de setembro no Guaíba/RS, aborda o cotidiano dos assentados no marco do lançamento da Campanha Mundial “As Sementes são Patrimônio da Humanidade” durante o III Fórum Social Mundial em Porto Alegre em 2003.
Produzido pelo Setor de Comunicação do MST-RS.


A VERACEL NO ABRIL VERMELHO DO MST / Doc. / 40 min. / 2004 / português.
Na manhã de 4 de abril de 2004, três mil trabalhadores do MST da Bahia, ocuparam terras da multinacional Veracel, em Porto Seguro, passando a derrubar milhares de pés de eucaliptos e plantarem agricultura de subsistência.
Considerada uma das maiores empresas de celulose (ao abranger 138.000 hectares de terra) a Veracel expulsou centenas de famílias da região na época de sua instalação, e derrubou matas nativas, eliminando a biodiversidade.
A mobilização pelas terras da Veracel foi a maior já realizada no Estado e marcou uma nova fase de luta na reforma agrária, ao questionar o conceito de propriedade produtiva.
Produzido pelo Setor de Comunicação e Cultura do MST-BA.

MAIO BAIANO / Doc. / 20 min. / 2001 / português.
Em maio de 2001, estudantes, sindicalistas, parlamentares, movimentos sociais organizados e o povo em geral saem às ruas de Salvador para protestar contra a violação do painel do Senado, exigindo ética na política e a cassação dos senadores ACM, José Arruda e Jader Barbalho.
O movimento provoca violenta reação da Polícia Militar que reprime os estudantes, mas não consegue impedir que a manifestação popular saia vitoriosa.





A REVOLTA DO BUZÚ / Doc. / 70 min. / 2003 / português.
Entre final de agosto e começo de setembro de 2003, a cidade se Salvador, Bahia, foi palco de uma impressionante onda de protestos estudantis contra o aumento do preço da tarifa de ônibus urbano. Milhares de estudantes tomaram as ruas de Salvador, causando engarrafamentos quilométricos, paralisando completamente a cidade por vários dias. O movimento demonstrou a sua força, enfrentando inclusive casos de repressão da Polícia Militar e a desmobilização promovida por grande parte da mídia oficial, colocando também em xeque qualquer tipo de representação ou lideranças. As repercussões das mobilizações no Brasil deixaram para os estudantes baianos a certeza de uma consciência política conquistada na prática e, principalmente, o protagonismo das ruas como cenário natural dos protestos.
Legendas em espanhol.

O DISTÚRBIO ESTÁ SÓ COMEÇANDO. PASSE LIVRE-DF / Doc. / 20 min. / 2005 / português.
O Movimento Passe Livre-DF iniciou em junho de 2005 uma jornada de lutas contra o aumento das passagens de ônibus, reivindicando também o Passe Livre para os estudantes e desempregados/as e a reestruturação radical do sistema de transportes públicos. Manifestações descentralizadas e simultâneas ocorreram em vários pontos do Distrito Federal e suas principais vias foram bloqueadas.
Produzido pelo CMI-Brasília.




REFORMA UNIVERSITÁRIA, “O PAU VAI COMER”? / Doc. / 40 min. / 2004 / português.
No Jornal Folha de São Paulo de 5 de dezembro de 2003, José Dirceu (Chefe da Casa Civil) declarou que durante a próxima reforma do Governo Lula, a Reforma Universitária: “o pau vai comer”. Este vídeo, realizado em setembro/outubro de 2004, traz depoimentos de professores, estudantes e técnicos de universidades da Bahia, sobre esta Reforma (ou contra-reforma) que destrói as Universidades Públicas, ao mesmo tempo em que salva os tubarões do ensino privado em crise abrindo caminho para a implementação de acordos com a OMC (Organização Mundial do Comércio). Inclui também o depoimento da Presidente da ANDES.
Produzido pelo Setor de Cultura da APUB.


A GREVE DE FOME DO VELHO CHICO / Doc. / 30 min. / 2005 / português.
Co-Direção de Stefano Barbi-Cinti

Entre os dias 26 de setembro e 6 de outubro de 2005, o bispo de Barra (BA), Luiz Flávio Cappio permaneceu em greve de fome em Cabrobó (PE) em protesto contra o projeto do governo de transposição das águas do rio São Francisco (Velho Chico).
De profundo impacto político internacional, a corajosa atitude do frei franciscano atingiu em cheio as estruturas do poder, além de reabrir o debate sobre o polêmico projeto, colocando em destaque uma questão mundial: a posse da água.



ALÉM DO JEJUM. AS VERDADES DO VELHO CHICO / Doc. / 60 min. / 2008 / português.
Co-Direção de Stefano Barbi-Cinti.

De 27 de novembro a 20 de dezembro de 2007, o Bispo franciscano da Diocese da Barra, interior do Estado da Bahia, frei Luiz Flávio Cappio, fez novo jejum se recolhendo na Capela de São Francisco, em Sobradinho (BA), próximo a barragem, às margens do rio São Francisco (Velho Chico), em protesto contra a retomada do projeto do governo de transposição das águas do rio.
Depois de 24 dias encerro meu jejum, mas não a minha luta que é também de vocês, que é nossa. Precisamos ampliar o debate, espalhar a informação verdadeira, fazer crescer nossa mobilização. Atém derrotarmos este projeto de morte e conquistarmos o verdadeiro desenvolvimento para o semi-árido e o São Francisco”Trecho da carta lida na celebração “de despedida” em Sobradinho (BA), 20.12.07.



CONTRA A ALCA / Doc. / 35 min. / 2003 / português e espanhol.
Este vídeo traz depoimentos de importantes lideranças da América Latina no combate a ALCA – Área de Livre Comércio das Américas – e as manifestações ocorridas no Fórum Social Argentina (Buenos Aires, agosto de 2002), no Fórum Social Uruguai (Montevidéu, novembro de 2002), no Fórum Social Mundial (Porto Alegre, janeiro de 2003) e na Marcha dos Sem ( Uruguaiana, agosto de 2002) reunindo trabalhadores do Brasil, Argentina e Uruguai num único protesto contra a ALCA.





ANHETEGUÁ (liberdade), ALCA NÃO / Doc. / 20 min. / 2002 / português.
A ALCA (Área de Livre Comércio das Américas) é uma proposta de acordo comercial apresentada pelo governo norte-americano em 1994, na 1° Cúpula das Américas, realizada nos EUA e retomada em 1998. O projeto da ALCA tem a intenção de reunir em um mesmo bloco comercial a maior potencia militar e econômica do planeta, os EUA, com 33 outros países das Américas, excluindo-se Cuba. Este vídeo, realizado numa aldeia guarani no Município de Porto Alegre em julho de 2002, se contrapõe a este projeto de re-colonização norte-americano. O cotidiano da aldeia, símbolo dos primeiros povos saqueados do continente, aliado ao discurso dos movimentos de oposição à implantação da ALCA, deixam nesta obra o seu registro.
Produzido pela Direção de Cultura do SEMAPI (RS).


YOANI SÁNCHEZ, CONEXÃO CUBA-EUA - SUA PASSAGEM PELA BAHIA/ Doc./ 20 min./ 2013/ Português.
Neste curta-documentário seguimos seus passos pela Bahia e buscamos apresentar quem é Yoani Sánchez e porque diversas organizações sociais brasileiras se opuseram a sua apresentação no país como a grande defensora da liberdade de expressão.





CARNAVAL DE VIOLAÇÕES DOS DIREITOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES/ Doc./ 9 min./ Português.
Documentário produzido pela PRO HOMO (Associação de Defesa e Proteção dos Direitos de Homossexuais) e IBCM (Instituição Beneficente Conceição Macedo) sobre o trabalho infantil e violações de direitos de Crianças e Adolescentes durante o Carnaval.
Coordenação: Renildo Barbosa e Alfredo Souza Dorea.



BRASIL, A 20 km DE PORTO SEGURO / Doc.- Exp. / 15 min. / 2000 / português.
500 anos do Brasil, Costa do Descobrimento. Coroa Vermelha, Bahia, à 20 km de Potro Seguro, 11 horas da manhã.
O vídeo, além de trazer algumas imagens dos confrontos com as forças policiais, e depoimentos do Movimento Negro, focaliza os rostos dos índios na Conferência Indígena da Coroa Vermelha - que reuniu mais de 3000 índios de 185 tribos das 210 existentes no Brasil - constituindo-se numa reflexão visual sobre o tempo transcorrido desde o 22 de abril de 1500, data do desembarque da frota portuguesa.



MARCHA PELA UNIDADE LATINOAMERICANA E CARIBENHA / Doc. / 15 min. / 2009 / português.
A cidade de Salvador, Bahia, sediou, entre os dias 12 e 15 de dezembro de 2008, a Cúpula dos Povos do Sul, que discutiu a integração dos povos da América Latina e Caribe. Paralelamente aconteceu a Cúpula dos Presidentes do Mercosul e a Conferência da América Latina e Caribe, em Sauípe, Litoral Norte, entre os dias 15 e 17 de dezembro. Foi a primeira vez que os chefes de Estado da região se reuniram sem a presença dos EUA e da União Européia. A Cúpula contou com a destacada presença de Cuba após a sua incorporação ao Grupo do Rio, representada pelo Comandante Raul Castro, em sua primeira viagem ao exterior, após assumir a presidência do seu país. A Conferência também serviu de preparação para a V Cúpula das Américas, realizada em Trinidad y Tobago em abril de 2009. No dia 15 de dezembro de 2008 foi realizada em Salvador a Marcha pela Unidade Latino-Americana e Caribenha.
Co-Produção: Zuk Produções

CANUDOS, NUMA LONGA CURVA / Fic. / 13 min. / 2001 / português.
Um grupo de teatro da cidade de Salvador/BA vai a Canudos apresentar uma peça sobre a Guerra de Canudos na época das comemorações dos 100 anos (1997) daqueles trágicos acontecimentos, revelando as relações entre o elenco e o povo misturando realidade e ficção.
Este curta foi rodado em 1999 em 35mm, na cidade de Nova Canudos e no Parque Estadual de Canudos, e finalizado em vídeo em novembro de 2001.




PIERRE VERGER. CHEGAR À BAHIA. 5 DE AGOSTO DE 1946 / Fic. / 12 min. / 2006 / português.
Em 5 de agosto de 1946, o fotógrafo, etnólogo e antropólogo francês Pierre Fatumbi Verger (1902-1996) desembarcou pela primeira vez na Bahia, iniciando uma paixão que o levaria a retratar a Roma Negra como ninguém. Através de um texto do próprio Verger, o curta recria estes momentos iniciais até a sua chegada no hotel Chile, onde iria morar nos seus primeiros quatro anos na Bahia.
Legendas em espanhol e inglês.




KANTOR BAHIA/ Doc./ 05 min./ 2013/ Español.
Através dos depoimentos de Tereza e Polo Kantor, sobrinhos-netos do artista plástico argentino Manuel Kantor (1911-1983) conhecemos parte da trajetória deste artista de renome internacional que seduzido pelos encantos do povo baiano esteve na Bahia em 1948 - sendo contemporâneo de Carybé - e cujas pinturas e desenhos foram publicados posteriormente no livro Kantor Bahia, uma raridade bibliográfica tanto quanto o resgate através desta obra audiovisual de sua presença na Bahia.
Legendas em português.
AXÉ JORNADAS DE CINEMA DA BAHIA/ Doc./ 20 min/ 2008/ Português.
A partir do depoimento de Guido Araujo, idealizador da Jornada Internacional de Cinema da Bahia, e de outros cineastas, conhecemos o percurso deste festival que  teve início em 1972, um dos mais antigos do país.
Produzido pela Casa de Cinema da Bahia.



CARABINA M2, UMA ARMA AMERICANA / Doc./ 90 segundos / 2006 / español.
Trecho da entrevista com Esther Hurtado de Pérez, viúva do tenente Carlos Pérez Gutiérrez, cuja arma foi utilizada pelo sargento Mário Terán para assassinar o Che Guevara. Ela conta como seu marido vivenciou o episódio e pela primeira vez mostra a arma da execução. Este curta deu origem ao longa-metragem CARABINA M2, UMA ARMA AMERICANA, CHE NA BOLÍVIA (90 minutos).
Premiado como Melhor Documentário no Festival de Vídeo de 90” da TVE/ Bahia (2006).
Legendas em português.


PEGA, MATA E COME / Doc. / 5 min. / 2007 / português.
Um retrato do compositor alagoano residente em Aracajú – SE, José Cândido, autor junto ao João do Vale de Carcará, obra fundamental da MPB e da carreira da cantora Maria Bethania, ao desvendar aspectos pouco conhecidos relativos à criação e sucesso desta canção.
Premiado com o Troféu Roberto Pires no XI Festival Nacional de Vídeo Imagem em 5 minutos (2007). (em youtube)





100ALLENDE / Doc. / 10 min. / 2008 / español.
Este video registra momentos del acto conmemorativo de los 100 años del nacimiento del Presidente Salvador Allende en Santiago de Chile, el 26 de junio del 2008.
Legendado em português







_____________________________________________________
Para adquirir estas obras audiovisuais entrar em contato pelos telefones:(00 55 – 71) 3345.1268/ 8271.7536/ 9214.4402/ (021) 97995.7981


Ou pelos e-mails: pronza92@hotmail.com/ carlospronzato@gmail.com/ pronzato@bol.com.br


Valor de cada obra audiovisual: R$ 30,00 (Brasil) mais taxas de correio. Exterior: consultar preços.


______________________________________________________

3 comentários:

Ademario disse...

Preciso abraçar-te, afinal, os anos passam mas, o que fomos são alimento para a vida inteira. Te admiro bastante, pena que és un hombre solamente e não virasyes ainda o que profetizou Tupac Katari: milhões! Mas já venta nas quebradas, nas esquinas e planaltos, nos campos!

Vou te ver no dia 27!!! Pronzato am iõ - te! (vai continuar de pé!) - Tupi/Português

Ademario Ribeiro

Juliana de Souza disse...

Por favor, preciso entrar em contato com a Fundación Che Guevara em Snata Cruz de La Sierra, vc tem o contato? Obrigada!

Miriam de Sales Oliveira disse...

Caro amigo
Tenho interesse nos documentários e pergunto se posso divulgá-los no meu blog literário "CONTOS E CAUSOS"
www.contosecausos24x7.blogspot.com.
Começarei pedindo o sobre Caramurú.Vc poderia levar na quinta? Abração